Detalhes do meu casamento: o vestido de noiva

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012
Hoje vou iniciar uma série de posts diferentes, onde vou mostrar para vocês, minhas leitoras, um pouco do que aconteceu no meu casamento. Eu mesmo amo saber detalhes dos casamentos das pessoas, creio que com vocês não vai ser diferente.

No post de hoje eu vou falar um pouco do meu vestido. Como ele foi feito, como eu decidi o modelo, quais foram as dúvidas, enfim tudo sobre a confecção dele.

Quando eu decidi casar a primeira coisa que veio à minha cabeça foi: SIMPLICIDADE. Para mim, menos é mais sem sobra de dúvida. Pensando nisto, com o vestido de noiva não poderia ser diferente. Nada contra  quem prefere os vestidos mais chamativos.

A segunda coisa que me veio à cabeça foi: A COSTUREIRA DO VESTIDO SERÁ A MINHA MÃE. Por quê? Nada além do privilégio de ter uma mãe fazendo o seu vestido de noiva. Ela é costureira, sempre fez roupas para mim apesar de nunca ter feito um vestido de festa e é super caprichosa.

Pronto! Com estas duas coisas em mente eu já tinha ideia do que poderia esperar do vestido. Começou então a minha busca por modelos. Queria vestido sequinho, sem tule, sem véu, sem calda, sem nada (não cheguei a entrar pelada risos)!



Daí entrou a mão de obra da minha cunhada. Sentei com a Ana Caroline Feitosa e expliquei mais ou menos o que queria. Costas nuas, sequinho, sem muita renda, sem nenhum brilho! Ela captou a ideia e retratou no papel.
O vestido demorou cerca de 2 meses para ficar pronto. Entre trancos e barrancos, pois minha mãe ficou meio insegura com o fato de estar fazendo um vestido de noiva foi a primeira vez que ela fez um vestido de noiva. Ao todo foram cinco desistências da confecção do vestido (pense no sufoco).



No final, com o corpo que vocês viram pronto, faltando apenas a saia do vestido, minha mãe contou com a ajuda de outra excelente costureira, a Dora, que ensinou o corte do vestido sereia, tudo que eu queria!

Este vestido foi a concretização de um sonho meu. A simplicidade, o amor com que foi feito e a sobriedade foi o diferencial de todos os vestidos que eu já vi!
E AI? GOSTARAM?

2 comentários:

  1. Oie Camilinha! Que bom que gostou!! Beijos

Postar um comentário